31 de julho de 2021

Vítimas de trânsito são lembradas em ato público realizado em São Luís

 Vítimas de trânsito são lembradas em ato público realizado em São Luís
Centenas de pessoas participaram do ato (Foto: Divulgação)

Neste domingo (19), vários órgãos se uniram e promoveram uma reflexão com a participação de centenas de pessoas sobre o movimento que atua em prol das vítimas de acidentes de trânsito no “Dia Mundial em Memória das Vítimas de Trânsito”, que foi realizado na Avenida Litorânea.

O dia de reflexão para combater a morte no trânsito foi criado em 1993, no Reino Unido, pela organização britânica Road Peace, e aprovado em 2005, pela Organização das Nações Unidas (ONU), que determinou o terceiro domingo do mês de novembro como data oficial para realização de ações de conscientização referentes ao tema. No Maranhão, a cerimônia acontece desde 2011.

Em São Luís, a sétima edição do evento que é promovido pela S.O.S Vida Pela Paz no Trânsito, tem a colaboração de várias entidades públicas e privadas, como A sétima edição do movimento em São Luís, aconteceu na Praça do Pescador, com um percurso de caminhada na Avenida Litorânea, e contou com participação do Detran-MA, Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal, Batalhão da Polícia Rodoviária (BPRV), Secretaria de Estadual de Saúde e Segurança, Secretaria Municipal de Trânsito, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia, CEUMA e Associação do Lesado Medular do Maranhão.

O coordenador da ONG SOS Vida, Lourival Sousa, responsável pela criação do movimento no Estado, afirma que, muitas pessoas que participam do evento viveram a triste experiência de uma tragédia no trânsito. “Muitas delas não conseguem esquecer a dor da perda, de um familiar ou amigo, para o trânsito. Estamos aqui para que haja reconhecimento por parte das autoridades ligadas ao trânsito e toda a sociedade”, admitiu.

(Foto: Divulgação)

A advogada Maria Aparecida Santana disse que perdeu um grande amigo, que era motociclista, em um acidente de trânsito. “É muito triste reconhecer que no trânsito existem tragédias. Mas, estamos aqui para lembrar que podemos fazer diferente e respeitar a nossa vida e a do próximo”, ressaltou.

Para a coordenadora de Educação para o Trânsito, Rositânea de Farias, o movimento mundial em memória às vitimas de trânsito, tem o objetivo de chamar a atenção da sociedade, mostrando para as pessoas suas responsabilidades. “O trânsito seguro depende do motorista e do pedestre. Precisamos reconhecer que somos responsáveis pela vida de todos”, avaliou a educadora

Estatísticas

MARANHÃO

Em 2016 – 1.684 mortes

Em 2017 – 668 óbitos

SÃO LUÍS

Em 2016 – 245 mortes (mais de 20 óbitos por mês)

Em 2017 – 90 mortes

Fonte: Sistema de Informações de Mortalidade(SIM-MS)

0 Reviews

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *