27 de julho de 2021

Vistoria em casa idosos é condenada

 Vistoria em casa idosos é condenada
(Foto: Divulgação)

O Ministério Público do Maranhão, por meio da Promotoria de Justiça Especializada na Defesa do Idoso de São Luís, realizou na manhã desta quarta-feira, 31, inspeção na Associação Regional das Senhoras de Caridade de São Vicente de Paulo, localizada no bairro do João Paulo.

O trabalho de vistoria obedece à determinação do Conselho Nacional do Ministério Público inserida no Manual de Atuação Funcional – O Ministério Público na Fiscalização das Instituições de Longa Permanência para Idosos, lançado em 2016.

A inspeção foi coordenada pelo promotor de justiça José Augusto Cutrim Gomes, titular da referida Promotoria do Idoso, e contou com a participação de representantes de várias instituições como Defensoria Pública do Estado, Conselhos Estadual e Municipal dos Direitos do Idoso, Conselhos Regionais de Medicina (CRM), Enfermagem (Coren) e de Fisioterapia e Terapeuta Ocupacional (Crefito), Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Vigilância Sanitária e Corpo de Bombeiros.

Também acompanhou os trabalhos a promotora de justiça Gabriele Gadelha, que está no exercício da coordenação do Centro de Apoio Operacional de Proteção ao Idoso e à Pessoa com Deficiência.

Na Associação Regional das Senhoras de Caridade de São Vicente de Paulo, que é uma entidade filantrópica, fundada em 1953, mantida e administrada por voluntários, atualmente moram onze idosos, sendo 10 mulheres e um homem. A maioria deles tem idade acima de 70 anos.

Cada morador possui uma pequena residência, com quarto, sala, copa/cozinha, banheiro e um quintal. A manutenção de cada casa, incluindo alimentação, fica sob a responsabilidade do interno e dos familiares. No total, há 18 casas. Em três, funcionam espaços de refeitório, ambulatório e sala de reuniões.

Além de atender aos internos, com a administração, limpeza das áreas comuns e atendimento médico mensalmente, a associação recebe, uma vez por semana, cerca de 80 idosos carentes de comunidades vizinhas. Eles têm palestras, atividades culturais e ganham uma cesta básica.

0 Reviews

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *