15 de junho de 2021

Sindicatos e especialistas são ouvidos na volta da CPI da Previdência no Senado

 Sindicatos e especialistas são ouvidos na volta da CPI da Previdência no Senado

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Previdência voltou hoje (7) aos trabalhos e ouviu Sindicalistas e especialistas sobre o tema em audiência pública no Senado.

A retirada da verba da Previdência para outras áreas da contabilidade do governo, por meio da Desvinculação das Receitas da União (DRU), e pelo não pagamento por parte dos devedores – seja por sonegação direta ou renúncias fiscais feitas pelo governo – foram apontadas como alguns dos problemas que deveriam ser solucionados antes da reforma.

A CPI da Previdência tem o intuito de analisar as contas da Previdência Social para identificar se há de fato déficit que justifique a reforma proposta pelo governo e qual o tamanho das dívidas que os maiores devedores têm com o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

Para a representante do Instituto Brasileiro de Atuária, Marília Vieira Machado, é preciso entender que o Brasil tem vários tipos de previdência diferentes. Há um modelo para funcionários públicos, outro para militares, outro para celetistas.

Na opinião dela, é preciso fazer uma reforma única que envolva a escolha de modelos e que separe a contabilidade do governo da que é aplicada ao Serviço Social.

Os expositores também voltaram a apontar que deve haver uma cobrança dos grandes devedores da Previdência Social para diminuir o déficit. Em audiências anteriores, a CPI ouviu representantes do comércio, da indústria e das empresas do setor de educação, que estão entre os maiores devedores da Previdência. Eles alegam que as dívidas são referentes a casos que estão sob questionamento judicial e cobraram soluções para que essas ações se resolvam mais rapidamente.

Fonte: Agência Brasil

0 Reviews

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *