17 de junho de 2021

São Luís será capital da literatura com a realização da FeliS

 São Luís será capital da literatura com a realização da FeliS

(Foto: Divulgação)

(Foto: Divulgação)

A identidade racial e de gênero estará no centro dos debates da 11ª edição da Feira do Livro de São Luís (FeliS), que será realizada de 10 a 19 deste mês, das 10h às 22h, na Praia Grande. A romancista maranhense Maria Firmina dos Reis, referência por quebrar barreiras, se destacar numa área onde homens dominavam e ter marcado em seus escritos a postura antiescravagista, é patrona do evento. Esta edição da feira – realizada pela Prefeitura de São Luís em parceria com o Governo do Estado – vai se concentrar na obra da escritora e outras literaturas de referência afrodescendente.

A grandiosidade da FeliS se traduz em uma das mais referenciais manifestações culturais maranhenses e representa a memória histórica de berço da literatura que é a capital, pontuou o governador Flávio Dino. “São Luís, que já foi a Atenas Brasileira, tem neste evento o resgate das boas produções, a descoberta de novos talentos e, sobretudo, um espaço para os autores e nomes das nossas letras. Nós acreditamos na leitura como um patrimônio de um povo, meio de desenvolvimento e construção social. A feira reflete todo este contexto e exalta nossa cultura e população”, enfatizou o governador.

A FeliS terá 40 estandes de livreiros, 10 espaços para sebos, 10 performances poéticas, sete intervenções artísticas, 60 contações de história, sete espetáculos circenses de rua, uma orquestra e 55 lançamentos de livros. São esperados mais de 200 mil visitantes e venda de mais de dois milhões de livros, a fim de superar o evento do ano passado. Criada pela Lei Municipal, nº 4. 449/2005, a Feira do Livro de São Luís é ferramenta de fortalecimento da vocação e produção literária maranhense.

Programação Cultural

Mais de 100 atividades estarão disponíveis na 11ª FeliS, incluindo palestras, teatro, rodas de conversas, exposições, mostras de cinema, sarau e café literário, entre muitas outras atrações. Um dos destaques, o Espaço Sesc, vai divertir o público, principalmente as crianças, com as contações de histórias, música, dramatizações, dança, pintura de rosto, oficinas, dobraduras, apresentações de projetos das escolas municipais, brincadeiras e jogos educativos e ainda momento de autógrafo com escritores maranhenses.

A programação da FeliS ocorrerá na Casa do Maranhão, Galeria Trapiche, Portugal e Estrela, no Cine Praia Grande, Centro de Criatividade Odylo Costa, filho, Praça Nauro Machado, Escola de Cinema (IEMA), Beco Catarina Mina, estacionamento da Câmara Municipal, auditório da Defensoria Pública do Estado do Maranhão, auditório da Associação Comercial do Maranhão, o Teatro João do Vale, Anfiteatro Beto Bittencourt e Biblioteca Pública Benedito Leite, entre outros.

0 Reviews

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *