6 de maio de 2021

Professores suspendem greve em São Luís

 Professores suspendem greve em São Luís

Os professores da rede pública municipal de ensino de São Luís decidiram, em assembleia realizada pelo Sindicato dos Professores (Sindeducação) na manhã de ontem, 3, pela suspensão da greve que já durava mais de um mês. A decisão ocorreu em frente à Secretaria Municipal da Educação (Semed) que estava ocupada há alguns dias.

A deliberação foi estabelecida após a mediação do Ministério Público, ficando firmado que a Semed devolverá o desconto monetário sobre os salários até o dia 15 de setembro, permanência dos professores no mesmo local de lotação, garantia do direito dos professores como a ampliação.

A partir de hoje os professores voltam à sala de aula, e ficam na espera do estudo técnico do MP que deve ser feito em até 20 dias para confirmar a viabilidade do reajuste da categoria.

Os professores da rede municipal declararam greve no dia 2 de agosto. Nesse dia, os grevistas visitaram várias escolas que apresentavam risco aos que por ali passariam diariamente, o que é o ponto alto da greve.

Além disso, os professores reivindicavam a negociação, entre Prefeitura e classe, do reajuste salarial de 2017 – eles saíram insatisfeitos depois de a Prefeitura de São Luís não oferecer nenhuma forma de reajuste aos profissionais do magistério na última mesa de negociação.

Desocupação

Ao final da Assembleia os professores fizeram uma força tarefa para desocupar a Semed. De mão a mão, foram retiradas cadeiras, mesas, mantimentos, aparelhos eletrônicos, e alimentos que serviram de apoio à ocupação.

A presidente do Sindeducação, Elisabeth Castelo Branco, percorreu todas as dependências do prédio, mostrando para os promotores da Educação, Paulo Avelar e Luciane Belo e a assessoria jurídica da Semed, as condições do local que foram entregues limpo e organizado.

0 Reviews

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *