21 de abril de 2021

PGR rescinde acordo de Wesley

 PGR rescinde acordo de Wesley
Segundo a Procuradoria, os colaboradores infringiram as cláusulas 25 e 26 do acordo. (Foto: Reprodução)

A Procuradoria-Geral da República (PGR) afirmou ontem, por meio de nota, que decidiu rescindir os acordos de colaboração premiada de Wesley Batista e Francisco de Assis e Silva, sócio-proprietário e executivo da J&F, respectivamente. A decisão foi enviada ao relator do caso no Supremo Tribunal Federal (STF), para homologação. A medida foi tomada após a procuradoria concluir que os dois omitiram informações nas delações.

“A providência foi tomada no âmbito de um procedimento administrativo e é decorrente da constatação de que, assim como Joesley Batista e Ricardo Saud – que já tiveram os acordos rescindidos – os dois descumpriram os termos da colaboração ao omitirem, de forma intencional, fatos criminosos dos quais tinham conhecimento no momento do fechamento dos acordos firmados com o Ministério Público Federal (MPF). No caso de Wesley, a decisão da procuradora-geral considerou indícios da prática de crime quando o empresário já se encontrava na condição de colaborador”.

Segundo a Procuradoria, os colaboradores infringiram as cláusulas 25 e 26 do acordo.

0 Reviews

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *