9 de maio de 2021

Parque Estadual do Sítio Rangedor será transformado em complexo de esporte e lazer

 Parque Estadual do Sítio Rangedor será transformado em complexo de esporte e lazer
Documento autorizando a construção do complexo de esporte e lazer do Parque Estadual (Foto: Divulgação)

Composto por 126 hectares de área, o Parque Estadual do Sítio Rangedor será transformado em um complexo de esporte, lazer e preservação de recursos naturais.

A ordem de serviço para a construção do Complexo Ambiental do Parque Estadual do Sítio do Rangedor foi assinada nessa sexta-feira (22) pelo secretário de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais, Marcelo Coelho, juntamente com o governador Flávio Dino e a Empresa Gomes Sodré.

“O Parque se transformará em mais um espaço destinado ao lazer e ao esporte, proporcionando bem estar e qualidade de vida à população da Capital”, conclui o governador Flávio Dino.

O Parque Estadual do Sítio do Rangedor tem como objetivo a preservação de ecossistema natural de grande relevância ecológica e beleza cênica, possibilitando a realização de pesquisas científicas e o desenvolvimento de atividades de educação e interpretação ambiental, de recreação em contato com a natureza e de turismo ecológico.

Após a conclusão da obra, o Parque contará com praças, dois estacionamentos, pista de caminhada, ciclovia, trilhas naturais, playgrounds, academias ao ar livre, quadras poliesportivas e espaços de convivência.

Parque Estadual do Sítio Rangedor

Conhecida como Estação Ecológica, o local passou a ser chamado de Parque Estadual do Sítio Rangedor após aprovação da Lei Estadual Nº10. 455/2016, na Assembleia Legislativa, que estabeleceu uma nova categoria ao local: a de Parque Ambiental, que agora pode receber as intervenções nas áreas já degradadas.

A mudança de categoria, de área ecológica em parque estadual, foi uma iniciativa do Governo do Estadual devido à quantidade de áreas que sofriam ataques com queimadas criminosas, despejo de lixo e prática ilegal de caça.

O Parque Estadual do Sítio Rangedor é uma unidade de proteção integral de reposição de aquíferos. Sua existência, no meio da cidade, garante o abastecimento de importantes lençóis freáticos, localizados no subsolo.

Ele abriga fauna e flora remanescentes da urbanização da Ilha de São Luís, atuando, como refúgio para espécies como jacaré, raposa, cotia e diversas aves.

0 Reviews

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *