5 de agosto de 2021

Naufrágio em Salvador deixa 18 mortos

 Naufrágio em Salvador deixa 18 mortos

O Departamento de Polícia Técnica de Salvador (DPT) atualizou ontem, no início da noite, o número de vítimas fatais em decorrência do acidente na Baía de Todos os Santos com a lancha Cavalo Marinho 1, que transportava 129 passageiros e quatro tripulantes.

Segundo o órgão, 18 pessoas morreram, entre eles, um bebê com cerca de um ano, que foi resgatado com vida e morreu na ambulância duas horas após de tentativas de reanimação.

Nove corpos passam por identificação no Instituto Médico-Legal (IML) de Santo Antônio de Jesus, cinco estão no IML de Salvador e mais quatro corpos foram sendo levados para a capital baiana.

O capitão de Fragata da Capitania dos Portos, Flávio Almeida, informou que a Marinha encaminhou cinco corpos para o IML de Salvador e que não tinha informações sobre quantos corpos foram encontrados pelos outros órgãos de resgate. Por causa disso, ele confirmou que o número exato de mortos só poderia ser informado pelo IML, que recebe os corpos para identificação.

A Secretaria de Saúde da Bahia informou que 100 pessoas foram atendidas em hospitais ligados à rede por conta do acidente.

Ainda não se sabe o número de pessoas desaparecidas. Equipes de resgate passaram o dia no local em busca de outras vítimas com vida, o que foi considerado improvável pelo coordenador do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), Ivan Paiva.

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), decretou luto de três dias. Foi o segundo acidente hidroviário no Brasil em pouco mais de 24 horas. Nesta quarta-feira, 23, um barco naufragou em Porto de Moz, no Pará, deixando 21 mortos.

O presidente da República Michel Temer lamentou os dois acidentes de barco e cobrou apuração das causas. Temer afirmou ainda ter colocado à disposição a estrutura federal na busca de sobreviventes e no apoio aos familiares.

0 Reviews

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *