17 de junho de 2021

Retirada de linha de ônibus motiva protesto

 Retirada de linha de ônibus motiva protesto

Desde o dia 20 de agosto, os moradores da Vila Luizão ficaram sem a linha alimentadora que liga o bairro ao Terminal/Cohama. Até hoje, a população do bairro e áreas adjacentes esperam respostas da Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte (Smtt).

Segundo o Consórcio Central, responsável pelos veículos que rodavam na linha, a suspenção foi determina pela secretaria.

No dia 21 de agosto, vários moradores foram até a sede da Smtt para conversar com o secretário da pasta, Canindé Barros, para saber o motivo da retirada dos ônibus. Na oportunidade, o secretário informou que a linha retornaria até o dia 24 de agosto, o que não ocorreu.

(Foto: Flávio Brito/ RDMA)

A falta de compromisso e responsabilidade por parte do secretário com os usuários da linha, fez com que os moradores do bairro realizassem um manifesto, ocorrido na última terça-feira (05), solicitando a volta do serviço. Durante a manifestação, que começou por volta das seis da manhã no ponto final da linha Vila Luizão e culminou no bloqueio da Avenida dos Holandeses, houve um impasse entre a Polícia Militar e os manifestantes, devido à apreensão do carro de som.

Para a liberação da via, os líderes do movimento aceitaram se reunir mais uma vez com representantes da Smtt, porém não houve nenhum acordo para solução do problema. “Quando nos chamaram para serem atendidos pela comissão da Smtt, ficamos até felizes e esperançosos, pois o problema da linha seria solucionado, mas não foi isso que aconteceu. Mas uma vez pediram prazo, mas sem data prevista para solucionar a linha. Só disseram que era para a população dá mais um tempo para que eles pudessem ver juridicamente e de que maneira a linha poderia voltar” explicou Paulo Henrique, líder comunitário da Vila Luizão.

De acordo com os moradores, caso a suspensão permaneça até a próxima semana, um novo protesto poderá ser realizado. “Queremos apenas que ele nos informasse uma data específica para que a linha começasse a rodar, mas infelizmente ele só nos enrola. Vamos aguardar até terça-feira (12) para resolver o problema, caso contrário vamos voltar a protestar”, afirmou Paulo Henrique.

Consórcio Central

Em nota enviada no dia 22 de agosto, o Consórcio Central informou que recebeu um e-mail da SMTT – Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes no dia 20/08/2017 comunicando a imediata suspensão da Linha Vila Luizão / Cohama. Informou ainda, que a linha vinha sendo operada pelo Consórcio Central, e dava a opção para os moradores da Vila Luizão que queriam se deslocar para o Terminal da Cohama/Vinhais. Na ocasião, entendeu que a linha foi criada para atender uma demanda do bairro da Vila Luizão, e a necessidade ou não do serviço deve ser deliberado entre a SMTT e a comunidade da Vila Luizão. Por fim, afirmou que o Consórcio Central está pronto e apto para operar qualquer serviço solicitado pela SMTT – Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes.

0 Reviews