8 de maio de 2021

Maranhão apresenta dados dos pólos turísticos do Estado

 Maranhão apresenta dados dos pólos turísticos do Estado
(Foto: Divulgação)

Com objetivo de apresentar o remapeamento dos pólos turísticos do Maranhão e elaborar um plano de ação para ajustar demandas do Turismo para os anos de 2018 e 2019, a Secretaria de Estado da Cultura e Turismo (Sectur), junto aos representantes de órgãos estaduais de turismo de todo país, participa da 28ª Reunião Nacional dos Interlocutores Estaduais do Programa de Regionalização do Turismo, realizada na cidade de Vitória (ES). O evento começou na terça-feira (17) e segue até sexta-feira (20).

O Mapa do Turismo Brasileiro é um instrumento de orientação para a atuação do Ministério do Turismo no desenvolvimento das políticas públicas setoriais e locais, tendo como foco a gestão, a estruturação e a promoção do turismo de forma regionalizada e descentralizada.

Durante o Programa de Regionalização do Turismo do Estado do Maranhão 2017 (PRT 2017), a equipe de técnicos da Sectur, liderada pela secretária Adjunta de Relações Institucionais, Glória Pinto, visitou os 10 polos turísticos do Estado fazendo o remapeamento e a aplicação dos novos critérios preestabelecidos que permitem a evolução e a consolidação do PRT no Maranhão.

Resultados positivos

Como resultado desse trabalho, o Maranhão vai mostrar índices positivos na 28ª Reunião Nacional dos Interlocutores Estaduais do Programa de Regionalização do Turismo. Segundo a Secretária Adjunta de Relações Institucionais, Glória Pinto, com o trabalho de remapeamento, o Maranhão saiu de 46 municípios desenvolvidos no mapa para 53 municípios. “Esse encontro é o realinhamento de todas as ações realizadas pela regionalização do nosso Estado e planejamento de como vamos trabalhar a partir de agora”, ressaltou.

O Programa de Regionalização do Turismo busca fomentar e levantar informações das potencialidades turísticas de cada município dos 10 pólos maranhenses. Nas visitas técnicas, a equipe da Sectur coleta evidências, apresentadas pelas prefeituras e demais instituições acerca do turismo da localidade, que atendam às exigências preestabelecidas pelo Ministério do Turismo.

0 Reviews

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *