23 de abril de 2021

Lançado concurso para buscar mascote dos Jogos de Inverno de 2022

 Lançado concurso para buscar mascote dos Jogos de Inverno de 2022

(Foto: Divulgação/Agência EFE)

(Foto: Divulgação/Agência EFE)

O lançamento do concurso para buscar um mascote para os Jogos Olímpicos de Inverno de 2022, que acontecerão na sede a capital chinesa, Pequim, aconteceu nesta quarta-feira (07) durante a celebração do 10° aniversário do início dos Jogos Olímpicos de 2008.

O secretário-geral do Partido Comunista em Pequim e presidente do comitê organizador dos JJOO de 2022, Cai Qi, presidiu a cerimônia de homenagem ao evento tanto de celebração como de lançamento do concurso internacional, realizado no Parque Olímpico.

“Temos certeza que será criado mascote divertido, que fascine as pessoas de todo o mundo e seja um grande exemplo para todos os esportes, os de inverno em particular”, destacou durante a cerimônia, através de uma mensagem de vídeo, o presidente do Comitê Olímpico Internacional, Thomas Bach.

Os finalistas da competição, que receberá propostas até o final de outubro, serão revelados na segunda metade do próximo ano.

Os Jogos de Pequim tiveram mascotes: o peixe Beibei, a panda Jingjing, a tocha Huanhuan, o antílope tibetano Yingying e a andorinha Nini.

Cada um era da cor de um dos anéis olímpicos, e entre todos os personagens, muito relacionados com a cultura chinesa, formavam a frase “Beijing Huanying Nem” (Pequim te dá as boas-vindas).

Pequim será a primeira cidade da história a sediar Jogos Olímpicos de Verão e Inverno, embora nos de 2022 a cidade só será sede das provas sobre gelo (patinação artística e de velocidade, curling, hóquei…) enquanto as competições sobre neve acontecerão em estações ao norte da capital.

Mascotes

O tigre branco Soohorang e o urso negro Bandabi foram apresentados em 2016, no Rio. (Foto: Divulgação)

Em 2016, o Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Inverno de 2018, em Pyeongchang, na Coreia do Sul, havia anunciado os mascotes das duas disputas: o tigre branco Soohorang e o urso negro Bandabi. Os animais foram apresentados ao mundo durante na Olimpíada e Paralimpíada do Rio.

Os tigres brancos são considerados os guardiões sagrados dos animais para os coreanos. O nome do mascote foi escolhido por representar a mistura de dois termos. São eles: “sooho”, proteção, em coreano, e “rang”, que, no idioma local, representa a sílaba do meio do termo da palavra “ho-rang-i” – tigre – e a última sílaba de “Jeongseon Arirang”, música tradicional de folclore em Gangwon, região onde está situada Pyeongchang.

O urso negro, por sua vez, representa a força e a coragem e também a região dos Jogos, seu habitat natural. Símbolo da Paralimpíada no país asiático, Bandai deriva de “meia-lua” e “bi”, que significa a celebração dos Jogos Paralímpicos.

0 Reviews