26 de julho de 2021

IFMA se pronuncia sobre atos racistas sofridos por estudantes no RJ

 IFMA se pronuncia sobre atos racistas sofridos por estudantes no RJ
(Foto: Reprodução)

Após repercussão em vários veículos de comunicação, o Instituto Federal do Maranhão se pronunciou nesta sexta-feira (10), por meio de nota de repúdio, sobre o episódio de racismo contra estudantes da instituição ocorrido na última quarta-feira (08) durante participação do III Encontro Nacional de Núcleo de Estudos Afro-brasileiros e Indígenas (Eneabi), que estava sendo realizado no Instituto Federal Fluminense (IFF)- Campus Campos Centro, localizada no estado do Rio de Janeiro.

Na nota, a Direção-geral do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IFMA) – Campus São Luís – Maracanã repudia, veementemente, todos os atos que impliquem em discriminação de qualquer natureza, frente aos relatos de atos racistas em desfavor da delegação de estudantes e servidores da instituição.

Ainda de acordo com a nota, atos como os que aconteceram no IFF, conduzidos por estudantes, repetem-se cotidianamente pelas ruas do país, não deixando de escapar, inclusive, do território sagrado das instituições de educação.

Por fim, manifesta total apoio ao posicionamento da nossa delegação, que não se intimidou e tornou público o ato criminoso ali ocorrido e parabeniza toda a delegação (composta por 50 pesoas, entre elas estudantes e professores) pela forma com que conduziram este inaceitável episódio, pois, ao tempo em que fizeram a resistência, utilizaram o diálogo como caminho pedagógico.

Confira abaixo a nota do IFMA na íntegra:

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IFMA) manifesta repúdio a todos os atos que impliquem em discriminação de qualquer natureza.

Dessa forma, a instituição se solidariza frente aos relatos de atos racistas em desfavor da delegação de estudantes e servidores da instituição que participam, desde a terça-feira (07), em Campos dos Goytacazes, no estado do Rio de Janeiro, do III Encontro Nacional de Núcleos de Estudos Afro-brasileiros (NEAB), Núcleo de Estudos Afro-brasileiros e Indígenas (NEABI) e grupos correlatos da Rede Federal de Educação Profissional Tecnológica (III ENNEABI).

O IFMA reforça a importância da valorização dos direitos humanos e considera que as instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica representam um espaço de transformação social. Eventos como o ENNEABI possuem relevância social, pedagógica e devem servir como exemplo para um amplo debate em nossa sociedade.

Agradecemos ao apoio do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Fluminense (IFFluminense), instituição anfitriã do evento, e que se posicionou com veemência contra os atos racistas relatados. Temos total convicção que os atos ocorridos não representam o pensamento de servidores e estudantes do IFFluminense.

O IFMA também considera que é fundamental uma apuração rigorosa frente aos fatos e que sejam tomadas todas as providências legais cabíveis.

O Instituto Federal Fluminense (IFF) também, por meio de nota de repúdio, se pronunciou sobre a situação de racismo vivenciada pelos maranhenses, dentro da instituição, no Rio de Janeiro

Confira a nota do Instituto Federal Fluminense aqui.

0 Reviews

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *