6 de maio de 2021

Duplicação da BR-135 foi luta do deputado Pedro Fernandes

 Duplicação da BR-135 foi luta do deputado Pedro Fernandes

 

Deputado federal Pedro Fernandes (Foto: Reprodução)

O deputado Pedro Fernandes (PTB) participou na última quinta-feira (11), da cerimônia de entrega dos 11 quilômetros duplicados da BR-135, no Maranhão. O parlamentar foi autor de requerimentos pelo referido serviço, que nesta primeira etapa, atende o trecho inaugurado entre a localidade de Estiva, em São Luís e a sede do município de Bacabeira.

Especialista em transportes, Pedro Fernandes encaminhou requerimentos ao Ministério dos Transportes, no ano de 2003, conforme arquivos do Diário Oficial da Câmara dos Deputados, para que a rodovia fosse duplicada em função dos acidentes que estavam ceifando vidas de milhares de pessoas.

Ao órgão responsável pela execução e formulação da política de transporte do país, o parlamentar sugeriu a duplicação da BR-135 entre o Estreito dos Mosquitos e o município de Bacabeira. Além disso, o petebista também apresentou propostas para duplicação do trecho rodoviário da BR-010, entre Imperatriz e Açailândia; e a construção do trecho da BR- 226 entre Timon e Porto Franco.

A proposta de Fernandes fez dele, naquela época, um dos membros da bancada maranhense que mais apresentou proposições de atividades na Câmara Federal, ao lado dos deputados federais Flávio Dino (PCdoB) e Sarney Filho (PV). Segundo o site da Câmara Federal, os três parlamentares foram os mais produtivos pelo critério de “apresentação de propostas”.

Arquivo do Diário da Câmara comprova pedido de Pedro Fernandes para duplicar BR-135 (Foto: Reprodução)

No local do evento, ao falar com correligionários sobre a duplicação da BR-135, o deputado afirmou que estava muito feliz com a obra que vai beneficiar cerca de 25 mil motoristas que usam a rodovia todos os dias – além de 1,5 milhão de pessoas na região metropolitana de São Luís.

“É claro que isto nos motiva, pois trata-se de uma reivindicação popular, de grande necessidade para a segurança de pedestres e motoristas. Por isto, estou contente, haja vista que o governo federal atendeu à solicitação, que não é só minha, mas principalmente das pessoas que usam essa rodovia”, disse.

Com a liberação dos 11 quilômetros, foi concluída a duplicação de todo o Lote 1, que tem 26 quilômetros no total. A obra teve um investimento de R$ 503 milhões. A próxima etapa será a conclusão total dos lotes 2 e 3, que somam mais de 76,8 km. A meta é concluir 30 quilômetros até dezembro deste ano.

0 Reviews

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *