27 de julho de 2021

Deputado com sinal de embriaguez causa acidente

 Deputado com sinal de embriaguez causa acidente

O deputado Fábio Macedo (PDT) se envolveu em um grave acidente na Avenida dos Holandeses, em São Luís. O caso, ocorrido na madrugada de domingo (20), foi registrado por fotos e vem repercutindo, em grupos de WhatsApp e outras redes sociais, desde a noite de ontem na Capital e interior.

Na imprensa, o primeiro a abordar o assunto foi o jornalista Zeca Soares em seu blog. Ele conta que por volta de 0h15, o pedetista dirigia uma Mercedes pela Holandeses quando atingiu quatro veículos nas proximidades do Kibe e Cia. Um dos veículos teve perda total.

Ainda de acordo com a publicação, testemunhas relataram que não foi feito nenhum teste do bafômetro para saber se o deputado havia ingerido bebida alcoólica antes do acidente.

O que chama atenção é que mesmo com a gravidade do acidente não houve qualquer registro do boletim de ocorrência. Se houve o registro da ocorrência por parte das vítimas, o B.O não foi disponibilizado à imprensa.

LEVADO PARA CASA PELA PM
Testemunhas dizem que o parlamentar aparentava estar bêbado. Antes do acidente, Macedo estava com amigos no restaurante Azeite e Sal, na Península da Ponta d’Areia.

Após a batida ele chegou a tentar fugir – ainda de acordo com testemunhas, temia ser agredido -, mas foi contido por militares que estavam no local. Colocado em uma viatura da PM, o parlamentar foi levado não para uma delegacia, para os procedimentos de praxe. Foi deixado em casa.

Ainda na noite de ontem começaram a surgir as primeiras imagens do acidente. O jornalista Gilberto Léda revelou em seu blog com exclusividade imagens do deputado logo após o acidente. O veículo em que ele estava, uma Mercedes-Benz SLC 300 – que custa algo em torno de R$ 300 mil – ficou bastante avariado. Outros quatro carros, segundo testemunhas, foram atingidos.

DEPUTADO NÃO SE MANIFESTA
Desde que o caso veio à tona na imprensa o parlamentar pedetista não se manifestou nem por nota e muito menos em pronunciamento na Assembleia.

0 Reviews

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *