20 de abril de 2021

Decretada prisão preventiva do motorista que atropelou médico em Ribamar

 Decretada prisão preventiva do motorista que atropelou médico em Ribamar
Gilson Carlos Barros Ferreira. (Foto: Reprodução)

O motorista Gilson Carlos Barros Ferreira, 32 anos, que atropelou e matou o médico Luís Carlos Cantanhede, 56, no último domingo (25) na MA 201, Estrada de Ribamar, teve prisão preventiva decretada nesta segunda-feira (26) durante audiência de custódia proferida pela juíza Janaína Araújo de Carvalho, da Central de Inquéritos e Custódia de São Luís. A prisão foi convertida de flagrante em prisão preventiva.

Após a audiência, Gilson Ferreira, que é cobrador de ônibus, foi conduzido ao Instituto Médico Legal (IML) para exames de corpo delito. Em seguida, ele foi transferido para o Complexo Penitenciário de Pedrinhas, onde ficará à disposição da Justiça.

Relembre o caso

No último domingo (25), o médico Luís Carlos Cantanhede seguia para São José de Ribamar pela MA 204 em companhia de familiares quando foi atropelado por um veículo modelo Celta, conduzido por Gilson Carlos Ferreira sob efeito de bebida alcoólica. O condutor estava na companhia de um amigo no momento do acidente.

Segundo informou em depoimento, o veículo capotou e atingiu o médico que caminhava pelo acostamento depois de aquaplanar em uma poça d´agua quando trafegava no sentido Estrada da Maioba/Estrada de Ribamar, logo após o cemitério da Pax.

O motorista foi autuado pelo delegado Sebastião Uchoa, que respondia pela plantão do Maiobão, por homicídio simples com dolo eventual e embriaguez ao volante.

0 Reviews

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *