27 de julho de 2021

Cresce número de mortes violentas no Maranhão

 Cresce número de mortes violentas no Maranhão
(Foto: Ilustração)

De acordo com dados do 11º Anuário Brasileiro de Segurança Pública, o número de mortes violentas intencionais no Maranhão teve crescimento de 2% entre os anos de 2015 e 2016. Em 2016, foram registrados 2.342 casos de mortes violentas intencionais, 62 casos a mais do que registrados em 2015.

Os resultados levam em consideração os números de crimes de homicídios dolosos, latrocínios, lesões corporais seguidas de morte, mortes de policiais (em serviço e fora de serviço) e mortes decorrentes de intervenção policial.

De todos esses crimes, houve aumento em três modalidades: homicídios dolosos, que em 2016 houve um aumento de 64 casos, se comparado ao ano de 2015 que foi de 2.007 casos, mortes decorrentes de intervenção policial, que em 2016 registrou 38 casos a mais (89 em 2015), e mortes de policiais em serviço, que passaram de 2 para 3 casos entre 2015-2016.

Em contrapartida, houve redução de outros tipos de crimes, como: registros de latrocínios, lesão corporal seguida de morte e morte de policiais fora de serviço tiveram queda. Foram 117 latrocínios em 2015, para 113 em 2016, e 67 casos de lesão corporal seguida de morte em 2015, para 31 no ano passado. Já as mortes de policiais (civis e militares) fora de serviço passaram de 6 (2015) para apenas 2 casos em 2016.

O Anuário Brasileiro de Segurança Pública é uma publicação do Fórum Brasileiro de Segurança Pública. Desde 2015, o Maranhão vem investindo fortemente em Segurança Pública, atingindo o recorde de 12 mil policiais no Estado. Já foram entregues mais de 830 viaturas, delegacias vêm sendo construídas e reformas e as forças de inteligência têm sido equipadas e valorizadas.

Saiba mais: Número de latrocínio cresce mais de 50% no Brasil

0 Reviews

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *