28 de julho de 2021

Correios lança campanha Papai Noel 2017

 Correios lança campanha Papai Noel 2017
(Foto: Ilustração)

Nesta sexta-feira (10), foi realizado o lançamento nacional da campanha Papai Noel dos Correios os tradicionais selos de Natal 2017. O objetivo principal da ação é responder às cartas das crianças que escrevem ao bom velhinho e, sempre que possível, atender aos pedidos de presentes daquelas que se encontram em situação de vulnerabilidade social.

Como resultado da iniciativa dos próprios empregados, a campanha se consolidou, ao longo dos últimos 28 anos, como uma das maiores campanhas natalinas e uma das principais ações de responsabilidade social dos Correios e de todo o país. Somente nos últimos três anos, foram recebidas mais de 2,5 milhões de cartas destinadas ao Papai Noel dos Correios.

Selo comemorativo de Natal 2017 (Foto: Divulgação/Correios)

A campanha contempla, além das cartas das crianças da sociedade que escrevem diretamente ao Papai Noel, também aquelas de estudantes das escolas da rede pública (até o 5º ano do ensino fundamental) e de instituições parceiras, como creches, abrigos, orfanatos e núcleos socioeducativos. Desde 2010, os Correios estabeleceram essas parcerias a fim de trabalhar ações como o desenvolvimento da habilidade da redação de carta, o endereçamento correto e o uso do CEP.

Como funciona

A adoção na campanha é feita da mesma maneira em todo o Brasil: as cartas enviadas pelas crianças são lidas e selecionadas. Em seguida, são disponibilizadas na casa do Papai Noel ou em outras unidades da empresa. Os Correios não entregam cartas para adoção diretamente à população, em suas residências. As cartas do Papai Noel dos Correios ficam disponíveis apenas nos locais indicados pela empresa.

Os presentes são recebidos nos pontos divulgados pelos Correios para que posteriormente a entrega seja feita no próprio fluxo postal. Não é permitida a entrega direta do presente e, para assegurar a observância desse critério, o endereço da criança não é informado ao padrinho.

Para ser um padrinho ou madrinha, basta ir em uma agência, escolher uma carta e depois entregar o presente na mesma unidade, para que posteriormente a entrega seja feita no próprio fluxo postal pelos Correios. Não é permitida a entrega direta do presente. Para assegurar a observância desse critério, o endereço da criança não é informado ao padrinho.

Adoção de cartas on-line

Este ano, o Papai Noel dos Correios contará com uma novidade: o piloto da adoção de cartinhas on-line em algumas localidades. Moradores das cidades de Belém, Cuiabá, Porto Alegre, Recife e São Paulo (região metropolitana) poderão adotar uma cartinha on-line no período de 13 a 24/11/2017 no endereço http://blog.correios.com.br/papainoeldoscorreios.

Selo comemorativo

Os Correios também lançaram hoje os tradicionais selos de Natal, desta vez inspirados no conto de Natal O Soldadinho de Chumbo, do escritor dinamarquês Hans Christian Andersen. A coleção é composta por um bloco e quatro selos isolados, com os elementos da história: o boneco malvado, a bailarina, o peixe e o barco. “Tentei ao máximo colocar minhas influências, e como sou brasileira, tentei dar uma ‘tropicalizada’ no design da roupa da bailarina. Também coloquei muita textura”, disse a ilustradora dos selos, Nathanna Érica Araújo.

Os selos podem ser adquiridos a partir de hoje em qualquer agência dos Correios.

0 Reviews

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *