13 de maio de 2021

Conta de energia ficará 13% mais cara no Maranhão

 Conta de energia ficará 13% mais cara no Maranhão

A partir do dia 28 de agosto, maranhenses passará a pagar 13% a mais na conta de energia elétrica da distribuidora de eletricidade CEMAR, da Equatorial Energia, responsável pelo fornecimento no Estado.

O reajuste foi aprovado nesta terça-feira (22) durante Reunião Pública da Diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e deve atingir 2,3 milhões de unidades consumidoras atendidas em 217 municípios do Maranhão.

O aumento para a indústria será de 11,49%. Já para consumidores médios (baixa tensão e alta tensão), o aumento será de 12,88%. A alta vem em meio ao processo de revisão das tarifas da concessionária pelo órgão regulador, que acontece a cada quatro anos, em média. Entretanto, os percentuais aprovados ficaram abaixo dos apresentados na proposta da audiência pública, realizada no dia 6 de julho de 2017.

                                                                  (Foto: Reprodução/Internet)

Revisão tarifária

A revisão tarifária periódica reposiciona as tarifas cobradas dos consumidores após analisar os custos eficientes e os investimentos prudentes para a prestação dos serviços de distribuição de energia elétrica.

 

Ela é realizada a cada quatro anos, em média, sendo um dos mecanismos de definição do valor da energia paga pelo consumidor de acordo com o contrato de concessão assinado entre as empresas e o poder concedente.

0 Reviews

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *