15 de junho de 2021

Clínica é acusada de receber sem atender paciente

 Clínica é acusada de receber sem atender paciente

A Clínica Materno-Infantil Eldorado, no bairro do Jardim Eldorado, em São Luís, foi acusada pela deputada estadual Andréa Murad (PMDB), de receber R$ 990 mil sem atender um único paciente sequer.

 

A denúncia foi feita pela deputada na tarde desta segunda-feira, 14, na Assembleia Legislativa. Ela alega que o governo Flávio Dino (PCdoB) estaria pagando, desde agosto de 2016, R$ 90 mil por mês pelo aluguel de um prédio onde deveria funcionar a unidade de saúde.

 

“A Clínica Eldorado, alugada pela Secretaria de Saúde, em agosto de 2016, recebeu R$ 990 mil de aluguel sem atender um único paciente sequer. Esse é mais um dos tantos casos escandalosos. O extrato de registro na Junta mostra que a Clinica tem como sócios Idenir Viana de Carvalho, Iane Viana de Carvalho, Janaína Araújo de Carvalho. Idenir é mãe da Janaína, que é juíza, e mãe também de uma das chefes do setor jurídico da Secretaria de Saúde”, denunciou a parlamentar.

 

Andrea se baseou no contrato de número 125.940/2016/SES, assinado pela Secretaria de Saúde e pela direção da Clínica Materno-Infantil em 2 de agosto de 2016. O documento tem vigência de 12 meses, prorrogáveis por igual período, até o limite de 60 meses, “incluindo equipamentos e mobiliários”.

 

Pelo documento, a clínica dispõe de 60 leitos de enfermaria e UTI, 18 dos quais com quatro salas de centro cirúrgico; 10 consultórios médicos equipados para acompanhamento ambulatorial; instalações administrativas; duas recepções; um laboratório, cinco salas de exame; um banco de sangue; 12 leitos com banheiros separados, com canalização de oxigênio e sala de reanimação neonatal; três leitos de recuperação pós-anestésico e estacionamento.

SEM MANIFESTAÇÃO 
Depois que a denúncia veio à tona, o Governo e nem os representantes da Clínica se manifestaram. No entanto, a repercussão do caso motivou a retirada da placa que sinalizava a reforma realizada pelo Governo do Maranhão na Clínica Eldorado, alugada para instalação de unidade de saúde especializada em traumatologia e ortopedia.

 

A placa mostrava o valor da obra, de R$ 903.156,36 mil e o prazo de 90 dias para a conclusão dos serviços. Além do valor gasto com a reforma do prédio – que é particular -, o Governo também tem efetuado o pagamento, desde o mês de agosto de 2016, o valor mensal de R$ 90 mil pelo aluguel do imóvel, conforme denunciou a deputada.

0 Reviews

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *