8 de maio de 2021

Cientistas avançam na criação da internet quântica

 Cientistas avançam na criação da internet quântica

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Uma internet capaz de atender as exigências da computação quântica é um dos principais desafios dos cientistas no futuro, mas uma equipe da Australia National University (ANU) deu um importante passo adiante com uma descoberta publicada nesta segunda-feira (11) pela revista científica Nature Physics.

O grupo, comandado pelo professor associado da ANU Matthew Sellars, provou que um cristal reforçado com érbio é especialmente indicado para tornar possível uma rede global de comunicações que se aproveite das estranhas propriedades da mecânica quântica.

A criação de um computador quântico – até o momento só existem protótipos – é um dos desafios enfrentados por cientistas, representantes da indústria e dos governos. A base desse novo equipamento é a física quântica, que estuda as partículas subatômicas, cujas propriedades são muito diferentes das da física clássica.

“Os esforços para construir um computador quântico foram descritos, com frequência, como a ‘corrida espacial do século XXI’, mas os computadores atuais não foram cientes de seu potencial até termos a internet”, indicou Sellars, chefe de programas no Centro para Computação Quântica e Tecnologia da Informação da ANU.

O especialista indicou que, no estudo publicado agora, foi possível provar que um cristal potencializado com érbio é o material perfeito para criar os componentes essenciais da internet quântica, que libertará “todo o potencial dos futuros computadores quânticos”.

A informação é da EFE

0 Reviews

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *