21 de abril de 2021

Cia brasileira vence o Oscar da dança contemporânea

 Cia brasileira vence o Oscar da dança contemporânea

o espetáculo Cão sem Pluma é comporto por 18 bailarinos. (Foto: Divulgação)

O espetáculo Cão sem Pluma é comporto por 18 bailarinos. (Foto: Divulgação)

A companhia brasileira Deborah Colker venceu o Benois de la Dance, em Moscou (Rússia), considerado o Oscar da dança contemporânea. É a primeira vez que bailarinos do Brasil vencem a premiação, criada há 27 anos. O Benois de la Dance reúne as principais produções mundiais de companhias de dança contemporânea.

Em Moscou, Deborah Colke apresentou o espetáculo Cão sem Pluma com 18 bailarinos, baseado no poema de mesmo nome do poeta pernambucano João Cabral de Melo Neto, publicado em 1950.

Deborah Colker venceu o Benois de la Dance pelo espetáculo Cão sem Pluma – Cia de dança Deborah. (Foto: Divulgação)

Cão sem Pluma tem duração de 70 minutos e faz uma conexão entre dança e cinema. A trilha sonora é de Jorge Du Peixe, do Nação Zumbi e Lirinha, com referências nordestinas.

Com base no poema de João Cabral, a apresentação mostra a vida às margens do rio Capiberibe e retrata as dificuldades de ser homem e de ser cão no sertão. O espetáculo usa poucas cores, todas em tom pastel.

Cão sem Pluma está em turnê pelo interior de São Paulo até o fim deste mês, depois segue para o Rio de Janeiro onde fica em julho e agosto. Em seguida, o espetáculo será levado para os Estados Unidos.

0 Reviews