31 de julho de 2021

Cearenses vencem etapa da Copa Nordeste de Triathlon em São Luís

 Cearenses vencem etapa da Copa Nordeste de Triathlon em São Luís

São Luís, recebeu no último sábado, a segunda etapa da Copa Nordeste de Triathlon, com 750m de natação, 20km de ciclismo e 5km de corrida. E, ao final, quem levou a melhor entre os homens foi o cearense José Edson Vitorino de Sousa. Na prova entre as mulheres, mais uma cearense: Maria Ivoneida Matos Moraes. Ao todo, 180 atletas do Maranhão, Piauí, Ceará, Bahia e Rio Grande do Norte participaram da prova, que contou ainda com um triatleta de Minas de Gerais.

A competição serviu de seletiva para uma das provas mais importantes do calendário nacional, a Copa Brasil, que acontece em outubro em Manaus. A maranhense Myrcea Caroline Araújo Muniz, quarta colocada no torneio realizado na capital, deverá representar o Maranhão na competição nacional da modalidade.

OS VENCEDORES
No masculino, José Edson completou a prova com o tempo de 1h02m24s, seguido por Eligio Brendo Ferreira Terceiro, também do Ceará, com 1h02m34s. Almir Sorbo, outro cearense, completou o pódio com 1h03m43s.

No feminino, Maria Ivoneida venceu com 1h13m45s. O segundo lugar ficou para Verônica oliveira de Menezes, com 1h18m15s e o terceiro para Mônica Simões Rodrigues, com 1h19m49s. A triatleta Myrcea Caroline, única maranhense entre os quatro melhores tempo, completou a prova em 1h22m22s.

A segunda etapa da Copa Nordeste de 2017 foi uma realização da Confederação Brasileira de Triathlon (CBTri), com apoio da Federação Maranhense de Triathlon (Fematri).

 

AVALIAÇÃO POSITIVA
O presidente da CBTri, Marco Antônio La Porta Júnior que esteve em São Luís, prestigiando o evento, fez uma avaliação positiva da organização da competição da modalidade na capital maranhense.

“O Maranhão tem-se desincumbido bem das atribuições. As coisas têm funcionado e me surpreendeu o número de atletas maranhense na competição. Acredito que estamos a cada prova demonstrando ótima qualidade e isso acontece porque a cada dia as provas de triathlon conquistam mais adeptos”, disse La Porta.
O presidente da Fematri, Helbert Menezes, ficou satisfeito com a vinda de competidores várias partes do país para a Copa Nordeste e acredita que a qualidade das competições em São Luís atraiu os triatletas de fora do Estado.

“O que me motivou a fazer a prova em São Luís foi o histórico de boas provas na questão de organização e valorização do atleta. Valorizo as provas regionais, pois são delas que saem os talentos para as provas mais importantes, é uma forma de descoberta de talentos. Estou satisfeito com a vinda de competidores várias partes do país para a Copa Nordeste e a receptividade que nossos triatletas deram a eles”, disse Menezes.

0 Reviews

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *