18 de setembro de 2020

BRs que cortam o MA registram quatro mortes no feriado

 BRs que cortam o MA registram quatro mortes no feriado
Em comparação com o ano passado, este ano houve um óbito a menos (Foto: Reprodução)

Milhares de pessoas pegaram a estrada no feriadão da independência. O resultado foi o congestionamento na malha viária, tanto para quem estava saindo de São Luís, quanto para quem estava chegando. Tantos veículos nas rodovias federais que cortam o Maranhão, somado à imprudência no trânsito geraram 18 acidentes, 21 pessoas feridas e 4 óbitos, segundo balanço da Operação Independência 2020, realizada pela Polícia Rodoviária Federal, de 4 a 7 de setembro. No ano passado, a Operação teve duração de 3 dias, de 6 a 8 de setembro, e registrou 15 acidentes, 9 pessoas feridas e 5 óbitos.

Das quatro pessoas que perderam a vida, três eram ocupantes de motocicletas. Os acidentes que culminaram com as mortes ocorreram nas BRs 316 (Timon), 135 (São Mateus do Maranhão), 316 (Alto Alegre do Maranhão) e 010 (Estreito), de acordo com a PRF.

Logo no primeiro dia de operação ocorreram dois acidentes com colisão frontal que resultou em duas mortes. Um deles foi em Timon/MA, na BR 316, em que um dos condutores, Josean Alves de Sá, que dirigia um Celta, faleceu ainda no local.  O segundo acidente com óbito ocorreu em São Mateus do Maranhão, no Km 184,3 da BR 135, também em colisão frontal entre um automóvel e uma motocicleta. O condutor da moto, Salomão Silva Lima, de 26 anos, teve morte instantânea. Os acidentes, segundo a PRF, se deram por ultrapassagem em local proibido, e o outro por falta de atenção à condução.

Outra morte, tendo como possível causa a falta de atenção, se deu após o acidente na  BR-316/MA, km 405,2, no dia 7, envolvendo duas motocicletas: Honda/CG 160 Start e Honda/Biz 125. Três pessoas ficaram feridas e o condutor da motocicleta Honda/CG 160 faleceu.

Esse foi o primeiro feriado prolongado após o início do isolamento social provocado pela pandemia da COVID-19 e que provocou um tráfego intenso. A volta para São Luís no dia 7 ficou ainda mais complicada por causa de uma manifestação feita por moradores da cidade de Morros (a 100km da capital), que durou pelo menos 4 horas, e causou grande congestionamento. A via foi liberada após a chegada de policiais militares.

Fiscalização

Nos quatro dias de operação, segundo a PRF, foram direcionadas ações de policiamento e fiscalização, sempre com foco na segurança viária. Além disso, foram posicionadas equipes extras em pontos críticos de acidentalidade, com o objetivo de controlar condutas perigosas e assim reduzir o número de acidentes nesses locais.

Além disso, a PRF relata que houveram 775 autuações de infrações de trânsito, sendo as mais recorrentes: condutor ou passageiro sem capacete (121), passageiro sem cinto de segurança (15) e ultrapassagem (60).

Nove pessoas foram detidas durante a ação policial, 3 veículos roubados foram recuperados e duas carretas apreendidas com madeira irregular. Quatro pessoas foram presas por embriaguez (2 em Açailândia e 2 em Imperatriz).

Leia mais notícias em RadioNoticiaMaranhao.com.br e siga nossas páginas no Facebook, no YouTube e no Instagram. Envie informações à Redação do Rádio Notícia Maranhão por WhatsApp pelo telefone (98) 99121-5205.

Digiqole ad

0 Reviews

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *