6 de agosto de 2021

Biblioteca pública de SL foi um dos locais mais visitados em 2017

 Biblioteca pública de SL foi um dos locais mais visitados em 2017

(Foto: Divulgação)

(Foto: Divulgação)

O ano de 2017 passou e deixou marcado na memória de muitos turistas e ludovicenses as belezas, sabores e história da cultura do Maranhão. No período, mais de 300 mil visitantes puderam apreciar o amplo cenário da produção cultural maranhense oferecido pelos 25 equipamentos culturais mantidos pelo Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo (Sectur).

Um dos impulsionadores do número de visitantes tem sido a facilidade de agendar pela internet o passeio, por meio do sistema Circuito de Visita Cultural, implantado desde 2016 e disponível no site da Sectur. Outra mudança foram os investimentos realizados na recuperação e manutenção dos equipamentos culturais além da criação de novos, como o Forte Santo Antônio que tem atraído muitos turistas.

As mais visitadas

A Biblioteca Pública Benedito Leite, o Palácio dos Leões, a Casa do Maranhão, o Museu Casa de Nhozinho, o Museu Histórico e Artístico do Maranhão e o Centro de Pesquisa e História Natural e Arqueologia do Maranhão estão entre as casas mais visitadas. Só a Biblioteca recebeu mais 100 mil visitantes em 2017 e as demais registraram média em torno de 40 mil visitas ao ano.

Um conjunto amplo e diversificado de atrações pode ser encontrado nas casas de cultura do Maranhão. Espaços como Centro de Cultura Popular, Museu Casa de Nhozinho e Casa do Maranhão mantém um rico acervo das mais variadas expressões da cultura popular.

A Biblioteca Benedito Leite, a segunda mais antiga do país, possui um amplo acervo formado por obras raras e a mais completa coleção de jornais maranhenses. Desenvolve projetos de incentivo à leitura, acessibilidade em bibliotecas públicas, entre outros.

Outro programa para levar a família e conhecer um pouco mais da história e cultura do Maranhão são os museus Histórico e Artístico, Arte Sacra, Palácio dos Leões e Convento das Mercês. São casas que oferecem  exposições e mostras permanentes apresentando ao visitante diversas coleções de mobiliário, pintura, escultura, documentos, fotografias e gravuras.

No Palácio dos Leões um serviço gratuito de foto instantânea foi instalado num totem para que o visistitante registre o seu momento durante a visita ao museu. As fotos são entregues para cada integrante que levam pra casa uma lembrança da visita.

O Centro de Pesquisa de História Natural e Arqueologia possui espaço interativo que retrata a história das etnias que originaram o povo maranhense, além de exposição com peças de cerâmicas, artefatos pré-coloniais, objetos de usos dos povos indígenas.

Agendamento online

Pelo sistema Circuito de Visita Cultural é possível agendar somente grupos de visitantes. O sistema compreende 18 equipamentos divididos em oito circuitos pré-definidos. Ao realizar o agendamento online, basta escolher o circuito, dia, horário e número de pessoas incluídas na visitação. Para agendar as visitas é só acessar o site da Sectur ou ir direto no link cultura.ma.gov.br/circuitocultural.

Informações sobre todos os equipamentos culturais podem ser encontradas no site da Sectur. Um breve histórico das casas, além de horários de visita, endereço, site e contatos podem ser acessados no www.sectur.ma.com.br.

0 Reviews

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *