27 de julho de 2021

Após eliminação, MAC já começa pensar em 2018

 Após eliminação, MAC já começa pensar em 2018

Na próxima temporada a única competição oficial que será disputada pela equipe atleticana será o Campeonato Maranhense. O adeus precoce à Série D do Campeonato Brasileiro, ainda nas quartas de final, deixou no Maranhão duas sensações. A tristeza pelo resultado ruim está aliada à certeza de ser necessário começar a pensar na próxima temporada, pois, sem competições para disputar no restante do ano, a equipe trabalhará os meses finais de 2017 apenas com a missão de construir um 2018 mais convincente.

O clube deve ficar trabalhando apenas com os jogadores da base e os profissionais que tem contrato com o clube. Os atletas que foram contratados para a Série D devem ser todos dispensados.

O objetivo de conquistar todos os títulos possíveis, inclusive o acesso para a Série C do Campeonato Brasileiro, deu lugar ao plano de recomeçar o caminho com a conquista de vaga na Série D de 2019 no Estadual do próximo ano. “Vamos elaborar um projeto para começar a planejar a temporada de 2018. Chegamos muito perto do nosso objetivo (acesso). A gente bateu na porta, mas ela não abriu. Acho que perdemos para nós mesmos, que perdemos o primeiro jogo em casa, porque lá jogamos de igual para igual. Porém, nem tudo está perdido. Temos uma base muito boa, que vai ajudar na montagem da equipe para a próxima temporada”, disse o presidente William Rio Branco.

Com relação ao treinador Ruy Scarpino, o seu futuro no Maranhão de acordo com o dirigente ainda é incerto. “Vamos conversar com ele e com os jogadores que nos interessam. Graças a Deus conseguimos mudar a história do clube. Todos querem continuar pela seriedade como foi realizado o trabalho este ano. Agora, tudo vai depender de negociação”, comentou.

Para William Rio Branco o MAC apesar das dificuldades financeiras conseguiu chegar muito perto do acesso. “Com uma folha mensal de R$ 80 mil chegamos no mata-mata decisivo. Se nos planejarmos mais e conseguirmos mais apoio acredito que vamos alcançar nossos objetivos em 2018”, prometeu.

Fala, Rodrigo Ramos

O goleiro e capitão do MAC, Rodrigo Ramos, disse que a campanha do clube na Série D não foi um fracasso e ainda acredita no clube. “Mesmo com o objetivo final não alcançado fizemos sim uma grande campanha. Agradeço a Deus a oportunidade de trabalhar com esse grupo de homens. Sou grato ao Maranhão Atlético e seus diretores por terem apostado no meu trabalho. Agradeço ao torcedor maqueano que acreditou nesse grupo até o fim. Digo e repito: O MAC é grande e logo voltará a disputar o acesso novamente”, disse.

Após perder o primeiro jogo no Estádio Castelão por 3 x 1, o MAC foi novamente derrotado pelo Operário (PR) por 2 x 1, no Estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa (PR). Com o resultado, o Fantasma conseguiu a classificação para às semifinais na competição com um agregado de 5 x 2 e o consequente acesso para Série C 2018.

O Maranhão fechou sua temporada em 2017 e não disputará à Série D em 2018, pois não conseguiu vaga dentro do Estadual. Na próxima temporada a única competição oficial que será disputada pela equipe atleticana será o Campeonato Maranhense, onde o MAC buscará uma vaga para Série D de 2019.

0 Reviews

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *