6 de agosto de 2021

Ações em alusão ao Janeiro Branco são realizadas em São Luís

 Ações em alusão ao Janeiro Branco são realizadas em São Luís
(Foto: Divulgação)

Um abraço, um momento de atenção ou uma palavra amiga, às vezes, é tudo que alguém precisa para aliviar o peso das tensões do dia a dia ou de algum problema vivido atualmente. Pensando nisso, o Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES) e em parceria com o Conselho Regional de Psicologia (CRP-MA), realizaram na manhã do sábado (27) uma mobilização em alusão ao ‘Janeiro Branco’, dedicado à realização de ações educativas para conscientização da importância do cuidado com a saúde mental.

A ação começou às 9h dentro do Terminal de Integração da Praia Grande, no Centro Histórico de São Luís e várias pessoas deram uma pequena pausa na correria para receber abraços e terem um momento dedicado a saúde mental. Panfletos e orientações sobre o que é a inciativa também foram distribuídos à população.

Mobilização em alusão ao ‘Janeiro Branco’, dedicado à realização de ações educativas para conscientização da importância do cuidado com a saúde mental. (Foto: Divulgação)

O chefe do Departamento de Saúde Mental da SES, Márcio Menezes, destacou a importância de mobilizar a sociedade em favor da saúde mental, convidando as pessoas a refletirem sobre o sentido e o propósito de suas vidas, mudando a compreensão sobre o tema.

“Devemos pensar a saúde mental como qualidade de vida, com a ausência ou presença de transtorno mental. Fisicamente não existe nada melhor que o abraço. É um gesto simples que transmite paz, acolhimento e segurança, além de ser um exemplo que aproveitamos para passar aos outros. Por isso, durante essa ação resolvemos dar amor e orientação a população”, disse.

Rede de cuidados

Proteger e promover o bem-estar mental dos cidadãos é um dos focos da campanha, mas também é preciso atender às necessidades de pessoas com transtornos mentais diagnosticados. Nesse contexto, a SES tem criado uma rede de cuidados, desenvolvendo políticas públicas efetivas.

A Rede Estadual de Saúde Mental é composta por dois Centros de Atenção Psicossocial: o CAPS Álcool e Drogas (CAPS-AD) e o CAPS III – Bacelar Viana, unidades consideradas “porta aberta” com funcionamento 24 horas. Também integra a rede a Unidade de Acolhimento (UA) e três Residências Terapêuticas (RT).

0 Reviews

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *