17 de junho de 2021

89 menores já foram estuprados só este ano em Imperatriz

 89 menores já foram estuprados só este ano em Imperatriz
Agressores aproveitam a inocência das crianças para praticar o abuso sexual (Foto: Ilustração)

De acordo com levantamento do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), feitos com base em dados do Sistema de Informações de Agravos de Notificação do Ministério da Saúde, mostrou que 70% das vítimas de estupros no Brasil são crianças e adolescentes.

Em Imperatriz, os números de casos de violência e abusos cometidos contra crianças e adolescentes têm sido cada vez mais comuns. De janeiro a junho deste ano, 89 casos de estupros contra menores foram registrados no Centro de Referência Especializada de Assistência Social (CREAS). Do total, 53 foram vítimas de abuso e 16 de exploração.

Por mês, cerca de três a quatro crianças e adolescentes vítimas de estupro recebem atendimento no Conselho Tutelar de Imperatriz. Segundo dados do CREAS, no ano passado, foram registrados 237 casos. Desses, 136 casos de abuso sexual e 36 por exploração infantil.

Segundo ainda o levantamento do IPEA, mais de 24% dos casos as vítimas são violentadas pelos pais ou padrastos e mais de 32% são praticados por pessoas próximas. As crianças são as principais vítimas desse crime devido à vulnerabilidade e inocência.

“Casos envolvendo crianças são mais comuns, devido à facilidade que o agressor tem de aproximação. Como geralmente são crianças com idade de 3 a 5 anos, elas ainda não sabem discernir carinho de carícias. Muitas vezes são vitimadas de maneira lúdica, em que o agressor utiliza-se de brincadeiras para praticar o abuso”, afirmou a conselheira tutelar Maria Florismar.

0 Reviews

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *