16 de maio de 2021

13 PM’s são acusados de integrar organização criminosa no MA

 13 PM’s são acusados de integrar organização criminosa no MA
Policiais militares já haviam sido presos em maio deste ano na Operação Diamante. (Foto: Reprodução)

Uma quadrilha envolvida em crimes de homicídio, tráfico de drogas, extorsão, assaltos a bancos e a caixas eletrônicos, no município de Imperatriz, foi desmontada. Pelos menos treze policiais militares e outras quatro pessoas faziam parte da organização criminosa, alvo das investigações da Operação Diamante Negro.

Os policiais militares envolvidos foram apresentados no Comando Geral da PM, permanecem detidos e responderão em inquérito policial. Um dos militares é lotado no estado do Pará. Os outros quatro participantes já foram identificados pela Polícia Civil, mas estão foragidas. Os procurados são conhecidos como Weverton Oliveira; Mieli Araújo; Raimundo Romulo e Kerbeson Campelo.

O líder da quadrilha, o assaltante de banco e narcotraficante, Heverton Soares de Oliveira, foi preso no dia 05 de junho deste ano, junto com o policial Mailton Pereira, que era encarregado pelo transporte de armas. Foram encontradas com eles quinze armas de fogo, sendo que dez são fuzis.

Heverton foi liberado pela Justiça sem a tornozeleira eletrônica, por conta de um erro nos procedimentos de um funcionário do Tribunal de Justiça.

As prisões foram oriundas da 1ª Vara Criminal de São Luís, onde foi dado o cumprimento das prisões, os quais responderão pelos crimes de Organização criminosa. Os policiais militares estão ainda sendo investigados pela Polícia Civil, em dezoito inquéritos relacionados com homicídios.

A operação Diamante Negro durou seis meses e contou com a participação da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic), Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP), Polícia Militar, por meio da Diretoria de Inteligência e Assuntos Estratégicos (DIAE), além do Centro de Inteligência da Secretaria de Segurança Pública.

Policiais envolvidos, que estão à disposição da Justiça:

Jack Helson Nascimento Assunção (PA)

Gerson Vieira dos Santos

Bruno Silva Santos

Jorge Lucas Melo Garcia

Danny Wuely Galvão Amaral

Rodrigo Azevedo Correa

João Batista Viana Fonseca

Paulo Weberth dos Santos

Policiais militares que foram presos no decorrer das investigações:

Mailton Pereira Pacheco

Wilson Castro do Nascimento

John Mayke Barros de Sousa

Hermano Lima de Queiroz

Victor José Santos Lira

Brenno Duarte Bezerra

0 Reviews

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *