8 de maio de 2021

27 assistência às crianças já foram realizadas pela Casa de Apoio Ninar em menos de 30 dias

 27 assistência às crianças já foram realizadas pela Casa de Apoio Ninar em menos de 30 dias

Em um mês de funcionamento, 27 famílias já passaram pela Casa de Apoio Ninar. Fotos: Francisco Campos/SES

Desde a sua inauguração, há menos de um mês, a Casa de Apoio Ninar já atendeu 27 crianças com problemas de neurodesenvolvimento e suas famílias.

A instituição é administrada pelo Governo do Estado, através da Secretaria de Estado da Saúde (SES) e funciona com um circuito de atividades multidisciplinares, voltadas principalmente para o fortalecimento do vínculo entre as crianças e seus familiares, assim como para o desenvolvimento da autoestima de quem convive diariamente com as crianças.

Esse desenvolvimento da autoestima dos acompanhantes é realizado por meio de atividades específicas para as famílias, como arteterapia, aulas de dança e pilates, desenvolvido por um projeto que tem alcançado o objetivo de proporcionar aos familiares momentos de relaxamento e descontração, que refletem positivamente na rotina de cuidados com as crianças.

Durante o período de tratamento, as famílias participam de atividades multidisciplinares que incluem avaliações médicas com profissionais especializados como neuropediatra, infectopediatra e oftalmologista, além de oficinas, palestras, circuito de estimulação multidisciplinar com terapia ocupacional, fisioterapia, estimulação cognitiva e visual, fonoaudiologia e musicalização infantil e de adulto.

Segundo Carlos Lula, secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, o projeto já apresenta resultados positivos. “Com base nos depoimentos das famílias acolhidas e dos profissionais de saúde da casa de apoio, é perceptível que as atividades têm beneficiado os pacientes e seus familiares. É esse reflexo positivo que confirma que foi acertada a iniciativa do Governo do Estado de investir nesse projeto e torná-lo realidade, considerando o suporte que ele oferece às crianças e suas famílias”, ressaltou o secretário.

 “Gostei de tudo durante essa semana das atividades na cozinha e da palestra também, sobre a importância da relação familiar. Gostei demais da estrutura e dos profissionais. O atendimento aqui é ótimo”, contou Maria Vanessa Veras, 20 anos, mãe de Carlos Henrique, de 1 ano e 8 meses.

Maria Vanessa Veras, 20 anos, mãe de Carlos Henrique, de 1 ano e 8 meses, foi uma das mães que participaram do circuito de atividades na casa. Fotos: Francisco Campos/SES

 Atendimentos

 

A Casa de Apoio Ninar recebe semanalmente famílias da capital e do interior do estado, assim como profissionais da área da saúde que acompanham as atividades. Em um mês de atendimento, a casa recebeu profissionais da capital e de municípios como Paço do Lumiar, São José de Ribamar, Mata Roma, Paraibano, Lima Campos, Codó e Santa Luzia do Paruá.

Na instituição também foram realizados mais de 40 exames de mapeamento da retina e de vídeo eletroencefalograma.

0 Reviews

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *